Pequena nuvem

Toda semana alguns missionários se reúnem para ir ao encontro de adolescentes, adultos e crianças que ficam em uma praça de Recife. Chamamos este ministério de Igreja nas ruas, porque cremos que ali, num lugar improvável aos olhos humanos, nós e nossos amigos podemos erguer um lugar de adoração a Jesus, onde Ele pode se mover e tocar corações. 

Vários dos meninos e meninas que ficam nesta praça são usuários de cola, e muitos deles já são conhecidos pela equipe há alguns anos. Isso permite que relacionamentos sejam criados, porque a cada semana podemos conhecer mais das suas histórias e quando os encontramos, podemos chamá-los pelo nome. Agora eles já não são mais estranhos para nós e nem nós para eles, pois uma amizade foi criada.

Algumas vezes conseguimos marcar encontros nas casas deles ou em outros lugares públicos, afim de conhecer a realidade em que vivem e de que maneira podemos ajudá-los melhor.

Certo dia, decidimos fazer uma visita a uma de nossas amigas que é uma mulher muito conhecida por todos da praça. No dia dessa visita, em específico, havíamos decidido levar uma cesta básica (que recebemos de doação) para abençoá-la. Tínhamos marcado de nos encontrarmos na praça, de onde ela nos levaria até a sua casa. Porém, quando chegamos ao local de encontro, não a vimos. Mas, encontramos uma amiga dela, que se prontificou e nos disse que poderia entregar a cesta para ela, se assim nós quiséssemos. Mas a equipe de missionários explicou que o nosso desejo era ir pessoalmente fazer a entrega. Pois, mais do que a entrega de uma cesta, nossa intenção era ter um tempo de qualidade com nossa amiga. E assim foi. Conseguimos ir até a casa dela, e ali conversamos, cantamos, oramos, e compartilhamos de sua vida e realidade. Conseguimos provar que a situação em que ela vivia não era fácil, mas algo nos marcou quando ela disse: “quando eu falo com Deus, eu sinto como se eu estivesse no céu”. A casa onde estávamos não era segura, não tinha água potável e nem saneamento básico. Mas, ela conseguia sentir a presença de Jesus ali. E não há maior tesouro do que este!

Em meio as nossas conversas, conselhos e canções, cantamos uma música que dizia: “Eu vejo uma pequena nuvem do tamanho da mão de um homem, mas este é o sinal que a Tua chuva vai descer! ” E ali, sentados como amigos, era como se fôssemos uma pequena nuvem, talvez menor que a mão de um homem, profetizando e crendo que a chuva desceria em tempo oportuno sobre a vida da nossa amiga e seus familiares.

É assim que temos aprendido que, a cada dia, o Reino de Deus se estabelece quando vidas se conectam com vidas! Isso, mais do que doar alimentos ou suprir necessidades, tem a ver com amar, doar o coração e permanecer crendo que o amor que vem Dele é poderoso para transformar todas as coisas!

© 2021  |  3000 Custer Road Suite 270 #7024 Plano, TX 75075  |  +1 (615) 647-6274 |  Av. Pres. Castelo Branco, 7966 - Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes - PE, 54460-025  |  +55 81 99802 9000 |  Shores of Grace Ministries, a US 501 (c)(3) public charity, EIN 27-3022828  |  Shores of Grace is a charity registered in Brazil CNPJ 19.312.157.0001-80