Geralmente confundido com brincadeiras, ou simples divergências no ambiente de trabalho, o assédio moral (ou violência moral) está ligado à ideia de humilhação. Tal comportamento tende a acontecer de forma repetitiva e por um longo período de tempo, provocando, assim, sensações de desvalorização, vergonha e baixa autoestima na vítima. Esses comportamentos podem acarretar na vítima grandes problemas sociais, psicológicos e físicos. Como o site brasileiro Guia Trabalhista afirma, os distúrbios mentais relacionados com as condições de trabalho estão dentre os males da modernidade, evidenciando que estas ameaças são reais e estão mais presentes do que pensamos.

    O assédio moral causa a perda de interesse pelo trabalho e do prazer de trabalhar, desestabilizando emocionalmente e provocando não apenas o agravamento das doenças já existentes, como também o surgimento de novas. Além disso, as perdas refletem-se no ambiente de trabalho, atingindo, muitas vezes, os demais trabalhadores, com a queda da produtividade e da qualidade, a ocorrência de doenças profissionais e acidentes de trabalho, causando, ainda, a rotatividade de trabalhadores e o aumento de ações judiciais pleiteando direitos trabalhistas e indenizações em razão do assédio sofrido.

    Destaca-se a importância devida a situações e ocorrências no local de trabalho, já que é onde ocorre com maior frequência, sendo praticado por superior hierárquico ou qualquer outro colega de trabalho. Entretanto, queremos deixar claro que tais tipos de violência estão presentes tanto no ambiente de trabalho como em outros locais, e, se apresentam com as mesmas características.

    Agressores e os motivos que podem levá-los a agir: A revista Nacional Exame, após entrevistar profissionais da área de comportamento humano, afirma que os assediadores costumam mirar nas pessoas que são aparentemente mais frágeis ou que representam uma ameaça, como, por exemplo, pessoas que reagem ao autoritarismo do agressor ou que se recusam a submeter-se a ele. Entretanto, por mais que um profissional evite certos tipos de comportamentos, para se proteger de possíveis agressões, às vezes o assédio moral excede o limite tolerável.

    X